OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Semana da Leitura Concelhia promove autores Santacombadenses

A Semana da Leitura Concelhia, este ano subordinada ao tema “Elos de Leitura”, decorreu entre os dias 18 e 25 de abril, tendo sido desenvolvidas atividades cujo principal objetivo foi promover e enaltecer a importância da leitura junto da comunidade.

Leonel Gouveia, presidente da Câmara Municipal de Santa Comba Dão, que acompanhou as atividades desenvolvidas ao longo da semana, descreveu a iniciativa como forma de não só promover a leitura, como também de levar ao conhecimento do público trabalhos literários desenvolvidos por Santacombadenses e associações do concelho.

“Com o seu foco voltado para a cultura literária, nesta Semana da Leitura não podemos deixar de enaltecer o trabalho dos ‘nossos’ escritores, que são já uma referência para Santa Comba Dão e para a sua história. Trata-se de criar oportunidades de elevarmos a nossa terra através das palavras da ‘nossa gente'”, finalizou.

Obras apresentadas pelos autores Santacombadenses

Caminhadas

Teresa Helena Pascoal
http://www.cm-santacombadao.pt/images/IMAGENS_CARTAZES/2016/04/P4215333.JPGTeresa Helena Pascoal esteve presente na Semana da Leitura Concelhia com a obra de poesia “Caminhadas”, conjunto de poemas que conta em versos sentimentos, emoções, alegrias e vivências da autora no percurso da sua vida.

Corações Abotoados…até cá cima

Leandra Cordeiro
P4225568Na obra “Corações Abotoados…até cá cima”, publicada a dezembro de 2014, Leandra Cordeiro faz um retrato psicológico das suas personagens, fala “de dentro para fora. Em discurso (quase direto). Fala de casa e de pessoas. Do ir e voltar. Do ter raízes e do voar. É dentro de portas que as coisas têm lugar. Têm sentido. E ganham vida. É dentro de nós que tudo acontece. Se desfaz e reconstrói. É cá dentro. As histórias normalmente acabam antes de chegarem ao fim. Esta começou antes de ter começado. Os livros normalmente acabam quando chegam ao fim. Este acabou sem nunca ter acabado”.

Sociedade Filarmónica Fraternidade de São João de Areias

Lino Dias

P42356811875/2015: 140 anos de tradição e cultura musical
Nesta obra Lino Dias transporta consigo a história de 140 anos de existência da Sociedade Filarmónica Fraternidade de São João de Areias. Folhear as páginas do livro é seguir numa viagem de 140 de vida desta associação, com referências aos seus primórdios, ao fundador, a sedes, sócios, diretores, e todo o conjunto de pessoas e acontecimentos que foram e são parte da Filarmónica.

A Evangelização nos Documentos Pastorais dos Bispos Portugueses, de 1967 a 1984

Virgílio Marques Rodrigues
P1015805Pároco de Santa Comba Dão, Virgílio Marques Rodrigues fez uma reapresentação da obra que foi o seu projeto de investigação no doutoramento. O livro enumera os principais temas abordados nos documentos pastorais dos bispos portugueses, entre 1967 e 1984, levando a uma reflexão sobre os vários temas fraturantes da sociedade portuguesa.

Dez

Jorge Santos
P1015737Jorge Santos trouxe à Semana da Leitura o romance “Dez”, que conta décadas de paixões, ilusões e desilusões de Francisco, que sempre amou a sua família, o Porto e o Douro. Francisco morre de doença prolongada na sua quinta, perto de Peso da Guerra, e no dia de sua morte, o advogado da família entrega à filha de Francisco uma carta onde é revelado o segredo da origem do pai e a identidade do corpo escondido na sua campa. “Este livro é, ao mesmo tempo, uma viagem pelo Portugal do século XX.”Jorge Santos trouxe à Semana da Leitura o romance “Dez”, que conta décadas de paixões, ilusões e desilusões de Francisco, que sempre amou a sua família, o Porto e o Douro. Francisco morre de doença prolongada na sua quinta, perto de Peso da Guerra, e no dia de sua morte, o advogado da família entrega à filha de Francisco uma carta onde é revelado o segredo da origem do pai e a identidade do corpo escondido na sua campa. “Este livro é, ao mesmo tempo, uma viagem pelo Portugal do século XX.”

100 anos de história: 1915-2015 – Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Santa Comba Dão

José Morais Branquinho e João Nunes

P1016005Nesta obra, autor e co-autor conservam as memórias daqueles que fizeram parte da associação, que deram o seu contributo, com esforço e dedicação, ao cumprimento da sua missão como soldados da paz. “É uma obra que celebra os feitos do passado, contribui para a memória coletiva e serve de inspiração para os presentes e para aqueles que virão a ser parte da história desta associação”.